Assim mesmo 

Ouch

A realidade bate num ponto

Nao da mais pra ajustar o pensamento

Sinto coisas intensas

Diferente se conto

Na minha mente é ressentimento

Mas a língua propensa pensa
Que é melhor engolir o golo

Ou refletir bem tolo

Na prática continuo o medo

Dramática paixão logo cedo
Mas não me sinto bem tendo razão

Te entreguei sorrindo? Também não.

Meu negócio é almoço diferente de você

Nesse ócio peço ao moço que releve

A rouquidão do grave mais leve

Sensação suave da corrida breve
Não faço ideia

Nem quero

Se é Andrea

Ou março. 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: